sexta-feira, 3 de maio de 2013

MOMENTO CÍVICO - Atitude que se aprende




A Lei Federal no 12.031/09, de autoria do Deputado Federal Lincoln Portela (PR-MG), publicada no Diário Oficial da União em 21 de setembro de 2009, e que altera a Lei no 5.700, de 1o de setembro de 1971. tornou obrigatória a execução do Hino Nacional nas escolas públicas e privadas de ensino fundamental em todo o país ao menos uma vez por semana.  Apesar da obrigatoriedade não atingir a Educação Infantil, a maioria das escolas de Educação Infantil acompanham a determinação e aproveitam esse momento para efetivar momentos de socialização, imprimindo o sentido de respeito , civismo e patriotismo aos pequenos cidadãos.
 
O Hino Nacional é um dos símbolos do Brasil, é uma poesia metafórica em forma de música, que retrata a nossa pátria e o nosso povo , mostrando valores da nossa cultura, história e sociedade, retratando a grandeza da nossa nação através das riquezas naturais do nosso país.

 
  
  Em 2009 na rede Municipal de Muriaé , por ocasião da referida Lei, a SME através da Assessoria e Gerenciamento de Ações Educacionais  orientou pedagogos e diretores a efetivarem essa prática nas escolas da rede, distribuindo apostila  que trazia como conteúdo a Lei 5700/71 e as alterações promovidas pela Lei 12.031/09, a história do Hino Nacional Brasileiro, como trabalhar com o texto do hino, atividades linguísticas, a interpretação da mensagem do texto do hino, o sinônimo dos vocábulos mais difíceis, quem foi Joaquim Osório Duque Estrada e Francisco Manoel da Silva autores do hino .  A Educação deve e precisa  ser instrumento de transformação, e a Educação Infantil como primeira etapa da Educação Básica , é campo fértil para se iniciar a valorização do espírito cívico. 
 



 Na escola que atuo (E.M.E.I. Profª. Zélia Barros Carneiro), o Momento Cívico acontece semanalmente às sextas-feiras, e para tornar esse dia mais prazeroso, foi associado a este momento o “dia de história no pátio”, onde cada professora do turno, além das estagiárias , direção e pedagoga  organizam um cronograma e se responsabilizam de a cada 6ª-feira uma contar a história logo após o momento cívico.      









 

Um comentário:

"Compartilhar e multiplicar idéias sobre Educação pode fazer toda a diferença no mundo atual".Por isso, agradeço seu comentário.